História do braille


Você sabe como surgiu o braille? Bem, primeiro é importante entendermos o que seria braille. O braille pode ser definido como uma forma de escrita visando garantir que pessoas cegas ou com baixa visão possam ler.

O sistema de leitura braille surgiu na França, no século XIX, por criada de um jovem chamado Louis Braille, que ficou cego depois de uma acidente quando ainda criança. Ele tinha três anos, e brincava com as ferramentas do pai, quando por acidente, uma sovela atingiu seu olho, o deixando cego do lado esquerdo.

Ele foi colocado em um colégio para cegos, contudo, a forma de aprendizagem da leitura para cegos era um pouco complexa. Com seus 15 anos, e com muito estudo, e após conhecer alguns métodos que já eram utilizados, mas considerados difíceis, ele desenvolveu um método alternativo, inspirado em Charles Barbier de La Serre.

Foi em 1826, que Braille começou a ensinar o método que criou para seus amigos. E em 1829, publicou um livro explicativo sobre o método e, em 1837, publicou uma revisão.

Braille faleceu em 1852, por tuberculose, quando tinha apenas 43 anos. Porém, seu método só foi oficializado dois anos depois de sua morte. A partir de 1854, a forma de escrita por braille ganhou popularidade e tornou-se o método mais utilizado na alfabetização dos cegos na França. O sistema Braille ganhou força quando foi apresentado na Exposição Internacional, que aconteceu em Paris, no ano de 1855. A partir disso, o método é utilizado em todo o mundo e transformou a vida de muitas pessoas.