Acessibilidade – instrumento de transformação


Nos últimos anos, o setor público e privado procuraram implementar mais soluções para promover a acessibilidade. Segundo estudo do IBGE de 2010, quase 25% da população brasileira se declara com algum tipo de deficiência. Ou seja, é um percentual considerável de pessoas que enfrentam dificuldades diárias.

Já quando estamos diante do setor privado, a falta de acessibilidade nos estabelecimentos é um motivo de perda de clientes. Dessa forma, esse é um assunto que cada vez mais deve ser visto com cuidado.

Tratar da acessibilidade e adotar medidas para a concretizar, vai muito além do que seguir normas legais, mas, é pensar, em uma coletividade que merece nossa atenção.

Quando deixamos de pensar em nós mesmos, e começamos a pensar sobre o nosso próximo, é que podemos transformar uma realidade cruel para uma realidade bondosa. Ações que tornem efetivas o bem-estar de quem possui dificuldades de mobilidades, devem ser cada vez mais aprimoradas.

Mas, para que tudo isso se torne uma realidade, precisamos mudar nosso pensamento, nossa postura enquanto cidadãos. Um novo olhar cuidadoso é o que fará a diferença em nossos dias.